14 de mai de 2007

Querido diário

Foram dezoito (!) postagens, em pouco menos de um mês (!!); algumas mais felizes, a maioria um tanto inócua e algumas delas decididamente vergonhosas. Um período interessante: minha primeira experiência publicando..., bem, isso tudo que tenho sentido/pensado/observado. Por puro entretenimento, já que nada de melhor tinha a fazer, e esperando entreter quem me lesse também.

Agora, surge uma oportunidade de trabalho e, com ela, possibilidades de sacudir o marasmo em que me encontro, evidente no que eu escrevo. O que implica atualizar este diário menos freqüentemente; confio que a mudança seja benéfica não só para mim, como para os leitores: mudança de ares, diversidade de temas e de tratamento de temas, um pouco mais de vida neste empoeirado caderno de notas, enfim.

Uma providencial pausa para respirar.





Só espero que eles não desistam disto aqui...

3 contrapontos:

Johnny disse...

Postagens menos frequentes... Sei bem do que vc se refere. A correria do dia-a-dia deixa os blogs meio abandonados mesmo...

Mas o fim do marasmo é sempre uma ótima notícia.
Boa sorte na sua nova empreitada!

Anônimo disse...

Fico feliz que as coisas estejam se ajeitando, quase sempre as mudanças são pra melhor, tenho certeza que pra vc será.
Vê se não some!!!!

Bjos

o amnésico disse...

Atrasado, como sempre...

Mas faço questão de dizer: obrigado!

(E como podem ver, eu não sumi!)

;)