13 de fev de 2010

Abram Alas, é Carnaval!


Aqui não.

6 de fev de 2010

E o Maldito Silêncio...

Todas as melodias que eu capto no vento, no chão, na chuva, nas paredes, nas vozes...

Todas as harmonias que passeiam pela minha mente que passeia por mentes alheias...

Todos os ritmos que chacoalham meu exausto corpo de fogo...

... tudo o que eu não sei traduzir em música.



Nem o sono se parece tanto com a morte quanto isso!

1 de fev de 2010

Imaginem...

Um mundo em que as promessas sempre serão quebradas.

As misérias sempre serão as alheias.

A Esperança sempre aguardará no fundo da caixa.

Vítimas sendo sempre vítimas, mesmo quando são algozes.



Imaginem...