7 de mai de 2007

:

Não bastasse a ladainha monocórdica, agora a absoluta falta de imaginação assola este blog! Artifícios grosseiros e de humor no mínimo duvidoso não enganam ninguém que tenha um módico de bom senso e espírito crítico. E que não se engane o leitor em achar que isto faz parte de um estratégia maquiavélica para capturar seu interesse através de uma autocrítica mordaz. O caso é de pura inanição mental! O que, diga-se, após o ataque de diarréia de pena de escritor das últimas poucas semanas, é até compreensível. O que não se compreende é a insistência em postar tiradas tão pouco criativas como essa radiofônica. O que não faz o álccol... Quanto às anteriores, deixo o julgamento ao público.

Assim, este autor se obriga a passar pelo menos três dias longe deste blog (e quem sabe mais perto de sua combalida criatividade), como punição para ele e alívio de quem lê. E que a lição seja aprendida.

Com minhas sinceras desculpas.

0 contrapontos: