8 de jul de 2007

Coisas das quais não me lembro




Minha penúltima refeição.
Meu último aniversário.
O primeiro quadrinho de “V, de Vingança”.
O primeiro livro que li.
O rosto da minha primeira namorada (mas tenho a impressão que era loura e usava óculos).
O nome da minha professora predileta na primeira série.
O dia em que comecei a fumar.
O dia em que comecei a beber.
Como aprendi yoga e porque parei de praticar.
Onde escondi minha coleção de bolas de gude.
Como conversar com duendes, como enxergar fadas e como “ler” pensamentos.
O prazer de andar sem rumo debaixo de um temporal.
A linguagem dos gatos.
Como é voar nos sonhos.
Como sair do labirinto (quando dou por mim, já estou dentro).
O primeiro beijo.
Minha última esperança.
O nome de muita gente que conheço.
A tabuada de multiplicar do oito.
O que fiz com minha lapiseira de desenho.
A passagem do cometa de [Kohoutek] (dezembro de ’73).
Como eu deixei de ser feliz.
Quando eu comecei a acreditar em felicidade.
Quando nasceu meu fascínio por vampiros.
Como foi que finalmente aprendi a escrever o número “9”.
Umas tantas outras coisas esdrúxulas...

9 contrapontos:

vera maya disse...

O que dizer desse texto, amnésico??

Nao esqueça dos seus sonhos??

Nao se esqueça de ser feliz?

Lindo!!!

Bjo

o amnésico disse...

É, acho que isso também... rsrsrs!

Beijos!

Miss Supahstah disse...

ha. um monte coisas dessas eu ainda lembro.

mas, curiosamente, não me lembro do meu último aniversário. Tá, tem uns 7 meses, mas é que eu sempre fui ligada aos meus aniversários, daquelas que contam os dias pra chegar, hehe. estranho né? heheh.


eu lembro principalmente do cometa aí. foi uma coisa mágica. tá, mentira. eu ainda era um projeto nessa época.


na verdade, não me lembro de muita coisa aí,hehe.


mas o V de vingança é muito bom, né??? :)

Lüb disse...

Eu queria ter mais coisas para me lembrar.

mas felizmente eu me lembro de algumas bem legais.
infelizmente eu também não me lembro de muitas coisas que eu gostaria de me lembrar.

PS: Eu sou o "Pyro Non-Sense" é que eu mudo o noem as vezes.

o amnésico disse...

A memória pode um jogo traiçoeiro. E acreditem, eu sei do que estou falando...

;)

Carlos qualquer coisa disse...

A memória parece um labirinto vivo: os caminhos andam conforme você adentra no labirinto.

E nunca se sabe que minotauro mora lá.

Johnny disse...

O que eu ia escrever aqui mesmo?
Bom, se eu lembrar eu volto...

Ah! lembrei!
Li no "Luz Vermelha" que vc não viu o filme adaptação do "V"...
Ah, Ronan, não faça isso com você!
Não envergonha nem um pouco os fãs da HQ...
Curiosidade: Sabe quem é o ator que faz o "V"? O mesmo que fez o Agente Smith em Matrix! hehehe

Juba ::: disse...

É por que você precisa de espaço no seu "HD" para outras coisas... Deixa ir, é melhor assim. Eu gostaria de lembrar a regra dos porquês... escrevi esse aí em cima e não sei se tá certo... áfi!

Lanark disse...

Eu também não me lembro de muitas coisas, mas não me lembro quais são...


*Ah, discordo do Johnny: acho que o filme é bem fraco. Assista sem compromisso, tendo em mente que a HQ é insuperável.


**Que beleza, parece que o teu blog ta ficando famoso, hein!

Abraço!