13 de dez de 2009

Chiaroscuro

Soneto de Cavalaria à minha Dama Sofredora

Tens a cútis acastanhada dos gitanos,
E dos briosos ameríndios vencidos
Pela sanha dos sombrios fementidos,
Que dos nômades se julgam estranhos.

Tens errantes os olhos ansiosos
De infante a sondar o desconhecido,
Que te levam, sem que tenhas merecido,
Sofrer dos pares os golpes raivosos.

Quisera eu te livrar então te amando,
Da desdita que, em nascer, nos têm a todos
E tu a mim, conforme, sustentando:

E se tolos à refrega presos fomos,
Façamo-nos de aríete, esmigalhando
Aos canalhas que nos pagam os soldos.




Noite de Meu Bem

Linda boneca de porcelana! Eis-me aqui,
Ouça a minha melopéia — ela te trará
Doces paragens com as quais sonhar:
Como prometido, venho te fazer dormir!

Para ti eu trouxe, da noite sem fim,
O brilho friento e austero dos astros;
Agora peço, tendo vindo a teu quarto
Um pouco desse teu calor para mim.

Seja apenas de delírio esse momento:
Desvelem-se do prazer todas as rotas,
Da luxúria abram-se as sombrias portas —
Naveguemos pelo rio do Esquecimento!

Desafogo trago à tua mente atribulada,
Os cansados ossos meus conforto pedem;
Possa o cruel tempo que os relógios medem
Delongar por nós a inexorável marcha.

E enquanto aos outros o Devorador acossa,
Que continue o meu caminhar, incessante.
E possas tu — para sempre deslumbrante —
Reinar eterna entre as outras noivas mortas!

2 contrapontos:

Johnny disse...

O desafiado além de poder escolher as armas, pode certamente decidir qual a trilha sonora...
E eu escolho "The Good, The Bad and The Ugly".

É tão clichê que se eu fechar os olhos, posso imaginar um pôr do sol, uma cidade com apenas uma rua, as tradicionais casas de madeira, muita terra e poeira, o vento soprando forte, e o dono da taverna olhando sorrateiramente pela janela...

É nesse momento que eu abro o caixão que eu arrasto para todos os lados, e saco minha metralhadora...

Não ouse machucar minhas mãos, porque posso usar uma cruz no cemitério para apoiar minha arma...

Acho que misturei um monte de filmes agora, mas desde que não tenha o Bud Spencer e o Terence Hill, está valendo.

Como no velho oeste, homem não manda abraço para o outro, me despeço apenas assinando! rs...

Johnny, The Kid.

ex-amnésico disse...

Hahahahaha!

Boa lembrança, o desafiado escolhe as armas (e na trilha sonora também foi muito bem!)

Uma Gatling contra um Colt? Você não corre riscos, hein? :p


Como dizem os vermelhos: Whoa!